Segunda-Feira, 30/03/2020
Notícias

Ao ser cobrado, Stefanello perde a linha e xinga um companheiro

Corbélia | Publicado em 22/03/2020 10:08

O presidente da Câmara de Vereadores de Corbélia, Eli Stefanello, foi aos gritos durante a sessão legislativa da última segunda-feira (16). A artilharia do presidente se voltou contra o colega, Paulo Cardoso, e contra o prefeito, Giovani Hnatuw. Em seu momento mais intenso, Stefanello xingou Paulo Cardoso, chamando-o de energúmeno e palhaço. O principal motivo é que instantes antes, Paulo Cardoso usou a tribuna para fazer uma denúncia de grave potencial.

Paulo do Raio X, disse que os assessores da Câmara, servidores comissionados, estão sendo utilizados para atender os interesses particulares do presidente e afirmou que o Legislativo se tornou um comitê eleitoral. “Não sei se é denuncia ou se é desabafo. Já falei nas comissões, já falei com alguns vereadores, mas preferem não se manifestar”, disse Cardoso,

Do alto da tribuna o vereador denunciou que no fim de janeiro, pelo menos um assessor acompanhou o presidente em viagem a Curitiba para tratar interesses partidários. Ele cobrou a apresentação de documentos que autorizam a viagem do assessor, uma vez que esse servidor teria faltado ao serviço, sem apresentar justificativa”. “Esse é um prédio público, que se utiliza dinheiro público e, portanto, precisa atender os interesses públicos. Gostaria que tomassem providencias para não expor ainda mais essa casa de leis”, cobrou Cardoso.

Demonstrando nervosismo, Eli Stefanelo tentou justificar a viagem e saiu da linha indo aos gritos. Em seu ataque, Stefanelo também criticou o grupo de governo. Em tom alterado disse: “Agora estão formando três quatro frentes de trabalho para arrumar as estradas. Agora estão mostrando trabalho. Vamos parar de ser demagogos. Ano político estão querendo trabalhar? vamos acordar população de Corbélia”, esbravejou Stefanelo.

O Jornal ABC procurou o presidente da Câmara de Vereadores para falar sobre a denúncia de Paulo Cardoso. Stefanello não atendeu a nossa reportagem alegando que estava sem tempo. Por causa disso, o Jornal ABC recuperou um discurso do presidente, feito em dezembro do ano passado. Na ocasião, Stefanello parecia empolgado: “Este é um governo da mudança, uma mudança de suma importância. Nós do Executivo e do Legislativo, vamos fechar o mandato como o rei das obras. Nunca houve tantas obras nos últimos 12 anos”. O Jornal ABC, não identificou, entretanto, em que momento Stefanello falava a verdade.

Fonte: Portal ABC



Mais Notícias
Cotidiano | 30/03/2020 22:59
Governo amplia atividades consideradas essenciais no Paraná
Corbélia | 30/03/2020 22:52
Boletim Coronavirus (COVID-19) Corbélia - 30/03
Cotidiano | 30/03/2020 21:14
Entrevista com Maisa, direto da Inglaterra, com informações sobre a pandemia do Coronavirus
Cotidiano | 30/03/2020 18:23
Relatório casos de Coronavirus - 30/03
Cotidiano | 30/03/2020 17:45
Amop emite nota oficial referente à decisão de reabrir o comércio