Segunda-Feira, 10/08/2020
Notícias

Prefeito ganhou autonomia para remanejar até 7% do orçamento

Câmara de Vereadores de Corbélia fez sessão extraordinária para votar orçamento

Corbélia | Publicado em 23/12/2019 20:56

 O prefeito de Corbélia Giovani Hnatuw, ganhou dos vereadores, o livre remanejamento de até 7% do orçamento municipal de 2020, estimado em R$ 78 milhões. É o famoso cheque em branco. Isso significa que o prefeito terá até R 5,4 milhões para remanejar de uma pasta a outra, sem que haja necessidade de pedir autorização à Câmara de Vereadores. “É um percentual que essa Câmara acha importante e necessário para o bom andamento do serviço público”, explicou o presidente do Legislativo, Eli Stefanello.
Ao longo da semana um site local, chegou a publicar uma informação questionando o tempo de duração da sessão, pouco mais de dois minutos e meio, entretanto, o presidente do Legislativo, Eli Stefanello, explicou que essa era uma sessão com matéria única. Além disso, o projeto já tinha passado por discussões e duas votações anteriores onde houve, inclusive, o espaço para apresentação de emendas. 
“A lei determina que projetos dessa natureza sejam apreciados em três turnos e estabelece interstício de 24 horas entre uma e outra, daí a celeridade da sessão realizada na terça-feira. É que todo o conteúdo já tinha sido discutido e votado anteriormente”, explicou. 
Entre os destaques do orçamento, o Jornal ABC apurou que estão inclusas obras como a construção da capela mortuária e a revitalização do centro do idoso. Outros números curiosos do orçamento é que R$ 2,2 milhões serão destinados para o custeio do Legislativo e R$ 10,5 milhões seguirão para a Caixa de Seguridade dos Servidores Públicos Municipais de Corbélia (Cassemc). Dos R$ 65,5 milhões que serão utilizados pelo Executivo, pelo menos 15% já tem destino certo na área de Saúde e outros 25%, para Educação. Além disso 50%, aproximadamente, serão necessários para assegurar a folha de pagamento dos servidores municipais.

Fonte: Portal ABC