Olá Usuário- Cadastre-se - Login
 

Notícias


Ação conjunta da Polícia Civil de Corbélia e Ubiratã desmonta quadrilha de assaltantes
Cotidiano - 08/05/2018 14:24


Desenvolvida pela 49ª DRP – Delegacia Regional de Corbélia (15ª SDP), em conjunto com a 50ª DRP – Delegacia Regional de Ubiratã (16ª SDP), a Ação Policial no combate aos crimes de roubo, as investigações levaram equipes de policiais civis de Ubiratã a promoveram diligências que culminaram com a identificação de Alex Fortes, 32; Alexsandro de Jesus Vergutz, 37 anos; Edmar Francisco de Salles, 42 anos; envolvidos em várias práticas de roubo e outros delitos, especialmente contra compristas na  Rodovia BR 369.
 
FATOS
Na data de 13/04/2018, duas vítimas, mulheres com 52 e 55 anos de idade, que se deslocavam pela Rodovia BR 369, oriundas de Foz do Iguaçu, com mercadorias compradas no Paraguai, foram abordadas por um veículo Vectra, cor chumbo, no Trevo de acesso à Nova Aurora, ainda município de Corbélia.

No veículo estavam três indivíduos que diziam ser policiais civis, trajando bonés e coletes com logotipo de corporação, e alegavam que a abordagem era por denúncia de que haveria drogas no veículo Polo das vitimas.

Na verdade eram falsos policiais civis, tendo ainda surgido um quarto individuo, os quais, depois de intimidar, ofender e ameaçar as vitimas, subtraíram das mesmas cerca de US$ 1.800, e as mercadorias que tinham comprado no Paraguai: perfumes, cremes, celulares, material de informática de internet, bebidas em ter outros, no valor estima de R$ 20.000,00.

DILIGÊNCIAS
As vitimas foram liberadas e seguiram em frente até Ubiratã, onde registraram a ocorrência, tendo ali iniciado as diligências preliminares, quando as vitima reconheceram três dos marginais, por fotos, sendo posteriormente o caso remetido para Corbélia, local da prática criminosa.

PRISÃO
Em Corbélia, com apoio da PC de Ubiratã, as investigações seguiram seu curso tendo sido representado pela prisão preventiva dos mesmos, pela Comarca de Corbélia, quando foi então deflagrada a Ação Policial, que culminou nesta data (07) com a prisão de dois integrantes do bando: Alex Fortes, em Cafelândia, e Alexsandro de Jesus Vergutz, em Mamborê.

Os presos foram removidos para Corbélia, a fim de serem interrogados nos autos do inquérito policial que apura o roubo investigado, e depois para Cascavel, em razão da Cadeia Pública daquela cidade ter sido destinada especificamente para mulheres presas.

FORAGIDOS
Continua foragido Edmar Francisco de Salles  contra quem existem agora 03 mandados de prisão, por roubo agravado e por evasão mediante violência (fuga da cadeia de Corbélia, oportunidade em que subtraiu armas de fogo em 2016).

COINCIDÊNCIA
Na data de 05/05/18, desta feita em Cascavel, as mesmas mulheres em tela, foram novamente vitimas de roubo, na Rodovia BR 277, região do bairro Guarujá. Nesta oportunidade, quando foram atendidas pelo GDE de Cascavel, e durante apresentação de fotos para reconhecimento, acabaram por reconhecer o quarto integrante dos fatos em Corbélia, identificado como Ivanir Borsa, 47 anos, também envolvidos em roubos e outros delitos, o qual é procurado pela Policia de Francisco Beltrão, existindo mandado de prisão em desfavor do mesmo sob acusação de homicídio.

VIDA PREGRESSA
Edmar têm passagens pela polícia diversos processos, pelo menos desde 2012: em Corbélia acusado de roubo agravado, evasão mediante violência (fuga cadeia quando subtraiu armas da delegacia de Corbelia), existindo três mandados de prisão em desfavor do mesmo, pelas acusações de roubo agravado e evasão mediante violência; em Cafelândia é acusado de roubo agravado; em Araruna de roubo agravado e formação de quadrilha, tendo sido condenado a 6anos 10meses de reclusão; e em Medianeira acusado de direção perigosa de veículo.

Ivanir têm passagens pela polícia também acusado de vários crimes: em Santa Terezinha de Itaipu por uso de documento falso; Dois vizinhos acusado de homicídio e receptação; Cascavel acusado de instalar de equipamento de telecomunicações sem autorização; Santo do Lontra, acusado de violação de correspondência, desacato, desobediência, uso documento falso, receptação e  homicídio; Francisco Beltrão acusado de receptação, adulteração de sinal identificador de veículo e roubo; Capitão Leônidas Marques acusado de roubo; existindo mandado de prisão por regressão de regime, à cumprir 5anos e 8 meses, pela acusação de homicídio.

Alexsandro conta com passagens por vários crimes: em Corbélia acusado de roubo, formação de quadrilha, onde já foi condenado a 7 anos 9 meses de reclusão; em Ubiratã, acusado de direção perigosa; Mamborê acusado de ter em depósito arma, violação monopólio da união, e perturbação do sossego.

Alex da mesma forma, por vários crimes: em Cascavel perturbação da tranqüilidade, ameaça, e contrabando; em Corbélia acusado de formação de quadrilha, associação criminosa, onde já foi condenado à 6 anos e 10 meses por roubo; Araruna acusado de disparo de arma de fogo, e em Dracena-SP acusado de extorsão.

DILIGÊNCIAS EM CURSO
Os presos Alexsandro e Alex permanecem no Setor de Carceragem a 15ª SDP, à disposição da Justiça.

Edmar e Ivanir são procurados pelos órgãos de segurança, com em razão dos mandados de prisão existentes.

Informações podem ser repassadas à Policia Civil, fone 197 e Cascavel, ou 45-3242-1321 em Corbélia, sendo garantido o sigilo.

As diligências continuam na busca da captura dos foragidos, e investigações para apurar a participação de outros eventuais envolvidos nestes, e em outros roubos ocorridos na região.


Fonte: PortalCorbelia

Ivanir borda - foragido Edmar Francisco de Salles - foragido

MAIS NOTÍCIAS


Clique Aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp
PortalCorbelia | Todos direitos reservados
Política de Privacidade